Vídeo: Breve mensagem aos jovens sobre o filme “Deus não está morto”

Há duas semanas, publiquei aqui no blog um texto de título “Deus não está morto: podemos dizer o mesmo de nossos jovens?“, em que apresentava a relevância do filme para abrir os olhos das pessoas quanto a importância nos dias de hoje do estudo da defesa da fé.

Em razão do sucesso que o filme está fazendo e do trabalho deste ministério na área da apologética, alguns líderes de jovens entraram em contato conosco pedindo para que também gravássemos um breve vídeo, dando um recado aos jovens logo após as sessões de exibição do filme nas igrejas.

Com grande alegria no coração, atendemos ao pedido e fizemos o vídeo abaixo. Nele, sublinhamos a importância do filme, mas também lembramos que o mandamento da Bíblia (1 Pedro 3:15) para todos os cristãos traz alguns pontos importantes, conforme veremos.

É que, além da Bíblia deixar claro que todos os cristãos devem estar aptos a defender a fé, a apresentar a esperança que têm em Jesus Cristo, ela exige duas coisas que não são sempre faladas:

  1. Em primeiro lugar, aquele que defende a fé deve ter uma vida devocional com Deus, deve ter uma vida santificada;
  2. E, em segundo lugar, essa pessoa deve defender a fé com respeito em relação à pessoa com quem fala, com moderação no que fala, com mansidão em sua postura, ou seja, deve fazer isso tendo sempre em mente que o objetivo é apontar o interlocutor para Cristo e não simplesmente ganhar o argumento.

Veja o verso em questão:

Antes, santifiquem Cristo como Senhor em seu coração. Estejam sempre preparados para, com respeito e moderação, responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. (1 Pedro 3:15)

Convido-os agora a assistir ao vídeo.

DEFESA DA FÉ TV Inscreva-se no nosso canal do YouTube

Caso tenham alguma dúvida, por favor não hesite em colocar os seus comentários ao final.

Deus abençoe,

Tassos Lycurgo