“Será que sou bom o suficiente para ser salvo?”

Com certa frequência, algumas pessoa se aproximam e perguntam: “Será que sou bom o suficiente para ser salvo?”, enquanto outras parecem já ter a própria resposta: “Sou uma pessoa boa, por isso tenho certeza que irei para o Céu”.

A realidade é que, sem Cristo, ninguém consegue atingir o padrão de moralidade exigido pelo Pai. Aliás, esta foi a razão por que Cristo teve de vir à Terra e morrer por nós. Apenas quando nos tornamos cristãos, o Pai vê Cristo em nós e, por isso, nos tornamos santos.

Para entender bem este conceito, peço que assista a este vídeo[1. O vídeo pode conter alguma propaganda, pois como não foi produzido pelo Ministério Defesa da Fé, ele foi postado sob a categoria “Acknowledged third party content”, que inclui propaganda com os recurso direcionados para o canal detentor dos direitos autorais sobre o vídeo]  logo abaixo.

Existe um verso na Bíblia que resume de forma incrível o que salvação significa no Cristianismo. Vejamos:

Porque pela graça sois salvos, por meio da ; e isto não vem de vós, é dom de Deus. (Efésios 2:8)

Aqui, as Escrituras trazem três pontos centrais:

  • Somos salvos pela Graça

Sim, é a graça de Deus que nos salva. Não são os nossos méritos, as nossas obras, as promessas que alguns fazem, etc, que salvam alguém, mas sim a disposição de Deus em fazer isso, mesmo que não mereçamos.

No Cristianismo, não somos nós que vamos até Deus, mas Ele que vem até nós.

  • Somos salvos por  meio da Fé

A fé em Jesus Cristo é o caminho pelo qual acessamos a graça de Deus. Por meio da Fé, Jesus passa a nos substituir diante do Pai, que não mais nos vê, mas sim a Jesus.

É muito importante notar que não é a fé que salva, mas a graça de Deus. A fé em Cristo, repito, nos faz ter acesso a esta graça, que está disponível para nós, conforme o próprio nome diz, gratuitamente.

Devo enfatizar aqui que a fé tem de ser em Cristo, apenas. Mas por quê? Ora, porque apenas Ele é Deus e, sendo tal, veio a Terra para viabilizar o caminho para nos reconectarmos com o Senhor. A fé em qualquer outra pessoa, por melhor que lhe pareça, é vã.

  • A salvação é um Dom de Deus

A salvação é um presente de Deus. Não foi a nossa história de vida, a nossa personalidade, nem as nossas obras, para que ninguém se glorie de suas obras (Efésios 2:9), que nos salvaram. A salvação é um presente de Deus, ao qual temos acesso por meio da Fé em Jesus Cristo.

Isso quer dizer que as suas obras não contam? As obras não contam para a salvação, mas são um termômetro da salvação. Como assim? Quando queremos saber se uma criança está com febre, colocamos um termômetro nela para saber, certo? Não é o termômetro que vai ocasionar a febre na criança. Ele vai apenas atestar uma situação que já está na criança. Da mesma forma, as obras do salvo devem refletir a situação de alguém que deu o senhorio da sua vida para Cristo. Em outra oportunidade, abordaremos mais detalhadamente este aspecto.

Neste post aqui quero ajudá-lo a percorrer este caminho oferecido por Cristo. Conforme disse, é um presente gratuito vindo do Pai. Tudo o que você precisa fazer é dar o senhorio de sua vida para Cristo, que é o caminho para a vida eterna ao lado do Pai. Caso você verdadeiramente queira fazer isso, apenas repita comigo a Oração da Salvação, que sua vida nunca será mais a mesma.

Deus abençoe,

Tassos Lycurgo